O Município de Guaramiranga é uma atração natural. A faixa de 0,1% de Mata Atlântica ainda existente no Ceará está em Guaramiranga e foi transformada em Área de Proteção Ambiental (APA). Além dos inúmeros atrativos naturais como cachoeiras, riachos, fauna e flora exuberantes, a região da Serra de Baturité, e especialmente Guaramiranga, é repleta de edificações públicas e particulares (como antigas fazendas de café, casas de moradia de sítios, arquitetura religiosa) que preservam um pouco da história do lugar .

A área em questão constitui um dos mais expressivos compartimentos do relevo elevado do Ceará. Os chamados relevos residuais resultantes dos processos erosivos ocorridos na era Cenozóica (há quase 70 milhões de anos). A região como um todo é marcada por um tectonismo intenso. Geologicamente, é formada por rochas do embasamento cristalino do pré-cambriano (período geológico mais antigo da terra), e apresenta instabilidade nas encostas, face ao declive acentuado (45 a 70%).Ocorrem, predominantemente, solos que embora apresentem baixa fertilidade natural, nas áreas de florestas, a folhagem morta e detritos vegetais a ele incorporados, promovem a manutenção de sua fertilidade natural em níveis bastante elevados. A região da serra de Baturité é coberta pela bacia hidrográfica Pacoti – Choró – Pirangi que atinge altitudes superiores a 600 metros. Nesta região as fontes e quedas d’água são mais abundantes.

Sob o ponto de vista climático, esta área serrana é uma das mais úmidas do Estado, com pluviosidade média elevada (1.500 mm anuais). A temperatura é amena e varia em torno de 14º C e 25º C. A boa qualidade do ar lhe confere um refúgio de turistas que vem da capital e de outros estados. Possui uma grande variedade de espécies animais, destacando-se as aves e mamíferos, representadas pelo saí-tucano, sanhaçu, fura-barreira, soldadinho, verdelino, coandu, pintassilgo, vem-vem, soim, tamanduá mambira, gato maracajá.A APA da Serra de Baturité abriga uma grande variedade de espécies vegetais, com formações florestais remanescentes de Mata Atlântica. Lá podemos encontrar espécies tipicamente Amazônicas (surucucu-pico-de–jaca), assim como da Mata Atlântica. Vale ressaltar que devido ao isolamento físico provocado pelas características climáticas e geomorfológicas da região, a APA DA SERRA DE BATURITÉ apresenta um alto grau de endemismo de espécies (espécies que só ocorrem nesta região), representando um verdadeiro banco genético de nossa biodiversidade.

icones-meio-ambiente

Sob o ponto de vista climático, esta área serrana é uma das mais úmidas do Estado, com pluviosidade média elevada (1.500 mm anuais). A temperatura é amena e varia em torno de 14º C e 25º C. A boa qualidade do ar lhe confere um refúgio de turistas que vem da capital e de outros estados.
Possui uma grande variedade de espécies animais, destacando-se as aves e mamíferos, representadas pelo saí-tucano, sanhaçu, fura-barreira, soldadinho, verdelino, coandu, pintassilgo, vem-vem, soim, tamanduá mambira, gato maracajá.
A APA da Serra de Baturité abriga uma grande variedade de espécies vegetais, com formações florestais remanescentes de Mata Atlântica. Lá podemos encontrar espécies tipicamente Amazônicas (surucucu-pico-de–jaca), assim como da Mata Atlântica.
Vale ressaltar que devido ao isolamento físico provocado pelas características climáticas e geomorfológicas da região, a APA DA SERRA DE BATURITÉ apresenta um alto grau de endemismo de espécies (espécies que só ocorrem nesta região), representando um verdadeiro banco genético de nossa biodiversidade.

Utilidade Pública

Prefeitura
(85) 3321.1130

Fórum
(85) 3321.1277

Hospital
(85) 3321.1148 / 3321.1155

Cartório
(85) 3321.1340

Guia nas Redes Sociais

Cadastre-se

Para receber nossas novidades e promoções.

Copyright - Guia Guaramiranga - Todos direitos reservados